Programa Casamento na Comunidade do TJAP oficializa união de 57 casais – Correio Amapaense

Programa Casamento na Comunidade do TJAP oficializa união de 57 casais

O final da tarde da última quinta feira (08) foi especial na vida de 57 casais que oficializaram suas uniões em mais uma edição do programa Casamento na Comunidade, organizado em parceria pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJAP), Igreja Universal e Cartório Jucá Cruz e Assembleia Legislativa do Amapá. A edição fez parte da programação da XII Semana Nacional da Conciliação.

casaunivers 173

Atuando como juiz de paz, o titular da 1ª Vara do Juizado Especial Cível Central da Comarca de Macapá, Fábio Santana dos Santos, afirmou que o Programa Casamento na Comunidade tem sido fundamental para que muitos relacionamentos sejam oficializados. “Por meio da coordenação do Cejusc, buscamos parcerias para que, por meio do matrimônio possamos transformar a vida destas pessoas”, enfatizou.

Foi a terceira vez que o magistrado celebrou o casamento coletivo. Para o juiz, além de ser uma grande satisfação é também uma oportunidade de sair da rotina do trabalho na 1ª Vara do Juizado Especial Cível. “É uma experiência muito gratificante, pois nos permite atuar como juiz de paz em um momento tão sublime, quando muitos casais estão ratificando o amor que sentem um pelo outro”, salientou o juiz Fábio Santana.

casaunivers 143

Pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, Valmir Silva de Oliveira destacou que a parceria firmada entre as instituições evidencia o mandamento de amor ao próximo, possibilitando que casais que estavam com dificuldades para legalizar suas uniões possam realizar o sonho de casar. “Iniciativas como o Casamento na Comunidade são demonstrações de amor ao próximo, onde nós olhamos com carinho para esses casais, acreditando no fortalecimento da família, que é a célula maior da sociedade”, ponderou o pastor.

casaunivers 200

Casados há 34 anos, Souzinaldo Monteiro Duarte e Maria do Socorro Palheta foram escolhidos como casal símbolo desta edição. O noivo revelou que decidiu oficializar o matrimônio após um pedido que sua mãe, Célia Monteiro Duarte, fez um pouco antes de falecer. “Nós vínhamos amadurecendo o desejo de legalizar a relação, e quando minha mãe fez esse pedido vi que não poderia mais adiar, então assim que soubemos do programa, procuramos logo nos inscrever”, relatou o noivo.

casaunivers 188

Além da alegria de oficializar a união de 34 anos, o casal teve ainda a felicidade de casar no mesmo dia que a filha primogênita, Patrícia Duarte. Advogada, a filha do casal, vivia em união estável com Darlison Roberto há 14 anos. Do relacionamento foram gerados dois filhos. Sobre a oportunidade de casar no mesmo dia em que os pais, a advogada declarou ter sido um dos melhores momentos de sua vida. “Hoje tivemos uma alegria em dobro, realizamos dois sonhos, e certamente matrimônios devidamente oficializados trarão ainda mais bênçãos para nossa família”, concluiu.

A mesa de honra do Casamento na Comunidade foi composta pelo Juiz de Direito Fábio Santana dos Santos, pelo deputado estadual Pastor Oliveira, os tabeliães do Cartório Jucá Cruz, Thais Emille de Oliveira Soares Figueiredo e Francisco Erionaldo.

About the author

Related