¨Programa Escola Verde¨ nas escolas estaduais – Correio Amapaense

¨Programa Escola Verde¨ nas escolas estaduais

Objetivo é promover a educação ambiental nas instituições escolares e sugerir soluções que contribuam para práticas sustentáveis.

As bases de implantação estão sendo definidas durante reuniões que envolvem arquitetos, engenheiros civis, eletricistas, urbanistas, ambientalistas e sanitaristas

O Governo do Estado do Amapá (GEA) vai implantar o Programa Estadual Escola Verde, que será desenvolvido e implantado nas escolas da rede estadual de ensino. O objetivo é identificar problemas e sugerir soluções que contribuam para a promoção de práticas ambientalmente sustentáveis. O trabalho será realizado por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seed), Secretaria de Estado do Desenvolvimento das Cidades (SDC) e Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf).

As bases de implantação estão sendo definidas durante reuniões que envolvem arquitetos, engenheiros civis, eletricistas, urbanistas, ambientalistas e sanitaristas. Já foram definidos alguns eixos norteadores do programa: Produção de Energia; Distribuição de Água; Tratamento de Esgoto; Resíduos Sólidos e Orientação Social.

As equipes envolvidas no plano de trabalho estão na fase do diagnóstico das escolas para levantamento de projeto arquitetônico e complementares existentes, visita técnica, com relatório fotográfico e, levantamento físico, atendendo aos itens da base de implantação.

“Dentro deste contexto, objetivamos trabalhar a importância de um espaço que incentive a educação ambiental e, que possa sensibilizar nossos educandos à conservação e preservação do seu ambiente escolar, para uma melhor qualidade de vida na escola pública”, ressaltou o secretário de Estado do Desenvolvimento das Cidades, Alcir Matos.

Inicialmente, foram selecionadas 22 escolas estaduais para a implantação do programa, uma em cada município, com exceção de Macapá e Santana, onde as instituições contempladas são as oito Escolas do Novo Saber, que funcionam em tempo integral.

Andreia Freitas

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION