Santos-AP 8 x 1 Plácido de Castro-AC – Peixe goleia e se classifica para a 2ª fase

0
1

O time alvinegro terminou com os mesmos oito pontos do Barcelona-RO, mas avançou por causa do saldo de gols

 Santos-AP se manteve vivo no Campeonato Brasileiro da Série D ao golear o Plácido de Castro-AC, por 8 a 1, no Estádio Zerão, pela última rodada da fase de grupos. Apesar de ter se classificado, o Peixe não pôde comemorar com seus torcedores. O jogo foi realizado com os portões fechados, porque o Estádio Zerão não está regularizado.

Beneficiado pelo empate sem gols entre Independente-PA e Barcelona-RO em Tucuruí, o Santos-AP se classificou como um dos melhores vice-líderes do campeonato. O Peixe terminou com os mesmos oito pontos do Barcelona-RO, mas levou vantagem no saldo de gols (5 contra 1). O time paraense foi o líder do Grupo A2 com 12, enquanto o Plácido de Castro-AC terminou na lanterna, com quatro.

PEIXE NA FRENTE
Jogando em casa, o Santos partiu com tudo para cima do Plácido de Castro e criou a primeira chance aos 14 minutos. Romano recebeu passe e finalizou por cima do gol, assustando Diego. Na sequência, o lateral passou para Fabinho, que saiu na cara do goleiro, mas exagerou na força e desperdiçou boa oportunidade de abrir o placar.

Torcedores deram um jeito de acompanhar o jogo entre Santos e Plácido de Castro, que foi realizado com os portões fechados

Torcedores deram um jeito de acompanhar o jogo entre Santos e Plácido de Castro, que foi realizado com os portões fechados

De tanto pressionar, o Peixe marcou aos 37 minutos. Romano cruzou, Jean Marabaixo não alcançou e a bola encontrou Willian Fazendinha, que só completou para o gol. O Plácido de Castro não conseguia jogar e era dominado pelo adversário.

VIROU PASSEIO
E etapa final começou movimentada. Logo aos dois minutos, Mael dividiu com a zaga e a bola sobrou para Lucas Capixaba deixar tudo igual. A alegria do Plácido de Castro, porém, durou apenas dois minutos. Fabinho cruzou para dentro da área e Jean Marabaixo colocou o Santos novamente na frente.

Aos oito, Willian Fazendinha cruzou e Jean Marabaixo cabeceou forte, ampliando para o Santos. A situação alvinegra foi ficar ainda melhor na sequência. Fabinho marcou o quarto aos 11 em chute de longa distância e Bruninho fez o quinto quatro minutos depois. Jean Marabaixo voltou a balançar as redes aos 19, mas o árbitro assinalou impedimento do atacante.

O Peixe continuava em cima do Plácido Castro e marcou o sexto gol aos 27 minutos. Fabinho fez boa jogada individual e passou para Lessandro finalizar. Na sequência, Tiquel desceu em velocidade e bateu na saída do goleiro para fazer o sétimo dos donos da casa. De fora da área, Denilson balançou as redes de Diego pela oitava vez na partida.

Nos minutos finais, Diego Silva e Mael se lesionaram e, como o técnico Júnior Mesquita já havia feito as três alterações, o Plácido de Castro ficou com nove jogadores em campo.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui