Sobrevivente de tragédia ora por meninos da Tailândia

0
1

Mineiro chileno resgatado em 2010, se identifica com drama e mandou mensagem aos rapazes

Os meninos que estão presos na caverna Foto: EFE/Royal Thai Army

Nesta sexta-feira (6), um mineiro chileno mandou nova mensagem para as para crianças presas em uma caverna da Tailândia. Desde quinta-feira (5), ele publicou vídeos se pronunciando sobre o caso.

Talvez ninguém compreenda a perspectiva assustadora de ficar preso em uma caverna, abaixo da superfície da Terra por muitos dias, melhor do que os 33 mineiros chilenos que ficaram presos a 2.300 pés de profundidade por 69 dias em 2010.

O sobrevivente Mario Sepulveda decidiu enviar palavras de fé para a Tailândia, onde o time de futebol e seu treinador de 25 anos estão presos no complexo de cavernas de Thuam Luang desde 23 de junho.

De seu Facebook, Sepúlveda enviou várias mensagens dizendo que não tem dúvidas de que as crianças serão resgatadas se houver oração e se o governo fizer todo o possível para ajudar a equipe.

– Que Deus os abençoe. Estaremos orando por cada um de vocês, por cada uma de suas famílias e por essas crianças que estão nesta adversidade – declarou ele.

Neste momento, médicos e mergulhadores especializados estão competindo contra o relógio para encontrar uma maneira de resgatar os jovens atletas e seu treinador em segurança.

As crianças estão a 800 metros de profundidade e pouco mais de 1,5 km na caverna. Para salvá-los, os socorristas estão tentando bombear o máximo de água possível do túnel e, ao mesmo tempo, trabalham para introduzir oxigênio na caverna.

Mas se uma tempestade chega antes que eles possam extrair com sucesso cada uma das crianças, os jovens podem ser forçados a permanecer no subsolo por meses e podem ter que nadar através do túnel usando máscaras de mergulho.

Felizmente, uma enfermeira e um médico se comprometeram a permanecer com a equipe pelo tempo que for necessário.