TABELA DE PREÇOS: Peixe Popular oferta 40 espécies de pescado para a Semana Santa

0
95
Peixe a preço popular será vendido em Macapá, Santana, Porto Grande, Serra do Navio, Laranjal do Jari, Vitória do Jari, Pedra Branca, Itaubal e Tartarugalzinho.

 Foto: Divulgação/Secom

O Governo do Amapá vai ofertar 40 espécies de pescado durante o feriado da Semana Santa, pelo programa Peixe Popular. A cerimônia de lançamento será na segunda-feira, 26, às 10h, no auditório da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), localizado na Avenida Raimundo Alvares da Costa, com a Rua Presidente Vargas, bairro Centro, em Macapá. O evento vai reunir, produtores, piscicultores, empreendedores, autoridades e técnicos da Agência de Pesca do Amapá (Pescap).

De acordo o diretor-presidente da Agência de Pesca do Amapá (Pescap), Edson França, as espécies que serão vendidas na ação estarão com preço de 20% abaixo do mercado. Ele explica que a tabela de preço nos municípios sofrerá modificações, em relação a tabela de Macapá, considerando a realidade de cada região. Um peixe que custará R$ 7, em Macapá, por exemplo, no Itaubal do Piririm, a mesma espécie será vendida a R$ 4. “A ideia é garantir uma estabilização no mercado, para não haver uma elevação nos preços, a fim de que a população mais carente possa adquirir esses produtos”, reforçou.

Para executar o Peixe Popular na Semana Santa, o Governo do Estado investiu R$ 230 mil, aproximadamente. Os valores são para dar suporte logísticos e estrutural durante os quatros dias de ação, incluindo transporte, equipamentos de proteção individual, caminhões frigoríficos, combustível, cuba, gelo, bota, touca, embalagem, balança, uniformes entre outros. São cerca de 150 toneladas de pescado, com preço mais baixo do mercado que vai apara a mesa do consumidor.

Comercialização

A comercialização ocorrerá no período de 27 a 30 de março, em Macapá. E de 28 a 30 de março, nos municípios de Santana, Porto Grande, Serra do Navio, Laranjal do Jari, Vitória do Jari, Pedra Branca do Amapari, Itaubal do Piririm e Tartarugalzinho. As cidades de Oiapoque, Calçoene e Amapá não vão participar diretamente da ação, mas terão seus produtos comercializados na capital. O preço do pescado terá variação de R$ 6 a R$ 13, o quilo, exceto o filhote que custará R$ 15, o quilo.

Em Macapá, onde a demanda é maior, haverá diversos pontos de venda fixos e itinerantes espalhados nas zonas norte, sul, leste e oeste. Os caminhões ficarão disponíveis em frente à Feira do Produtor e Feira Maluca, no bairro Buritizal e nas feiras dos bairros Zerão, Pacoval, Araxá, Goiabal, Marabaixo, Brasil Novo e Novo Horizonte.

Capacitação

Antes da comercialização, o Governo do Estado em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado (Sebrae) capacitou os produtores, revendedores de pescado e piscicultores que vão participar da ação. Eles foram orientados sobre as boas práticas de higiene, manipulação do pescado e técnicas de atendimento ao público, além de diversas visitas técnicas nas propriedades.

Peixe Popular

O Peixe Popular é uma ação continuada do Governo do Estado, que visa fortalecer a atividade pesqueira junto às colônias, cooperativas e piscicultores, além de oferecer à população um produto nobre da região com preço mais barato.

Confira as espécies:

Acará – R$ 8,00

Acarí – R$ 6,00

Apaiari – R$ 8,00

Aracú – R$ 8,00

Bandeirado – R$ 7,00

Bagre – R$ 7,00

Braço de Moça – R$ 6,00

Cachorro de Padre – R$ 7,00

Camurim – R$ 10,00

Cara – Açú – R$ 8,00

Corvina – R$ 8,00

Curimatã – R$ 10,0

Dourada – R$ 12,00

Folhote – R$ 15,00 (Somente no ponto fixo do Butitizal, em Macapá.

Gurijuba – R$ 10,00

Jaraqui – R$ 8,00

Jejú – R$ 6,00

Mandubé – R$ 7,00

Mapará – R$ 8,00

Matrinchã – R$ 10,00

Pacú – R$ 8,00

Pescada Branca – R$ 10,00

Pescada Amarela – R$ 12,00

Pescada Curuca – R$ 8,00

Pescada Gó – R$ 7,00

Piau – R$ 10,00

Piramutaba – R$ 8,00

Piranha – R$ 4,20

Piranambu – R$ 7,00

Pirapitinga – R$ 11,00

Sarda – R$ 7,0

Surubim – R$ 10,00

Tainha – R$ 7,00

Tambaqui – R$ 11,00

Tabatinga – R$ 11,00

Tamuatá – R$ 8,00

Traíra – R$ 7,00

Tucunaré – R$ 13,00

Uel – R$ 8,00

Uritinga – R$ 8,00

Iracilda Tavares