Governo investe na preparação do jovem para o mercado de trabalho

0
21

Governo investe na preparação do jovem amapaense para o mercado de trabalho com o MedioTec

Feira de profissões do programa reúne alunos e candidatos ao processo seletivo deste ano, que oferta 1,8 mil vagas em 26 cursos.
Por: Eloisy Santos

 Foto: Marcelo Loureiro/Secom
Presente no evento, o governador Waldez Góes reiterou a importância de oportunizar aos jovens, de 15 a 19 anos, a capacitação para o rápido ingresso no mercado de trabalho

O Governo do Amapá segue investindo na capacitação e preparação dos jovens amapaenses para o mercado de trabalho. Nesta sexta-feira, 16, acontece a Feira de Profissões do MedioTec, evento gratuito que oportuniza aos candidatos do processo seletivo 2018, conhecerem melhor os cursos ofertados, tirar dúvidas e, assim, fazer a sua escolha conforme sua vocação. A Feira ocorre no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em Macapá.

Este ano, são ofertadas 1.810 vagas para 12 municípios do Amapá em 26 cursos técnicos de diversas áreas do conhecimento. O MedioTec é um programa do governo federal, ao qual o Amapá aderiu em 2017, tomando para si a responsabilidade de gerenciar os recursos e aplicá-los de forma transparente, garantindo aos alunos uniformes, auxílio estudantil, estrutura física, profissionais e todo o aparato necessário para a execução dos cursos.

O governador Waldez Góes, esteve presente na Feira de Profissões, pela manhã, e reforçou a importância de oferecer aos jovens de 15 a 19 anos, a capacitação para o rápido ingresso no mercado de trabalho. Além de identificar a sua aptidão, para que não haja dúvidas na hora de, futuramente, ingressar em um curso de graduação.

Góes ainda mencionou a expansão do programa no Estado. Na primeira edição, os cursos foram ofertados somente em Macapá e Santana. Este ano, foi expandido para mais municípios. A intenção é ampliar a abrangência.

“A expectativa é que, na próxima edição, todos os municípios sejam alcançados. Este é um dos projetos mais importantes executados em parceria entre o governo federal e o governo do Estado para a juventude. O jovem precisa pensar no que quer ser a médio e longo prazo, precisa ter oportunidade para atuar e contribuir para o desenvolvimento pessoal, profissional e do nosso Amapá”, enfatizou o governador.

Oportunidades

Durante a feira, os alunos que ingressaram no programa em 2017, acompanhados de professores, expõem atividades desenvolvidas nos cursos, esclarecem aos visitantes e pretensos candidatos sobre as características dos cursos e os benefícios do programa.

Camila Avelar desistiu da Psicologia ou Medicina e se encontrou na área de Computação Gráfica, durante o curso no Portinari, em Macapá. 

A estudante Camila Avelar, 16 anos, cursa Computação Gráfica pelo programa, no Centro de Educação Profissional em Artes Visuais Cândido Portinari. Ela e mais 19 amigos desenvolveram, em uma semana, o jogo “Obstáculos”, que tem como personagem principal, um jovem que precisa fazer a sua inscrição no programa, mas encontra dificuldades no percurso, como amigos que tentam convencê-lo de jogar futebol ou sair para se divertir.

Camila conta que conheceu a grade curricular do curso e se encantou, por ser abrangente e agregar áreas de seu interesse, como a animação. “É um curso que começa do básico e aborda áreas mais complexas como arquitetura 2D e design gráfico. Para quem antes pensava em fazer medicina ou psicologia, eu encontrei na computação gráfica a minha real vocação. Ainda descobri um mercado crescente, rentável, que possui investidores, mas com mão de obra escassa”, relatou a estudante.

Escolha

Paula Vitória da Silva, 16 anos, já fez a sua inscrição na edição deste ano do MedioTec. Ela optou pelo curso Técnico em Cuidados de Idosos, que será ministrado no Centro Profissionalizante Graziela Reis de Souza. “Já tinha uma ideia do que se tratava o curso, mas vim à feira para ter a certeza de que fiz a escolha certa. É uma área que admiro, é uma especialidade dentro da enfermagem que eu gosto, e tenho agora as melhores expectativas”, contou.

A jovem Leilane Sena, 16 anos, fez a sua escolha durante a feira. Ela aproveitou o estande com profissionais da Secretaria de Estado da Educação (Seed) para realizar a sua inscrição no curso Técnico em Segurança do Trabalho.

“Há algum tempo atrás eu participei do projeto Bombeiro Cidadão durante um ano. Na feira, eu percebi que esse curso se aproxima de coisas que aprendi no projeto e isso me chamou muito a atenção. Vou me aprofundar mais e estou confiante de que é essa carreira que vai me fazer feliz”, estimou Leilane.

Leilane Sena se inscreveu no curso Técnico em Segurança do Trabalho, durante a Feira de Profissões.

A secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, mencionou que muitos jovens em todo o país, assim como Leilane, não conseguem decidir, ainda, no ensino médio regular, a carreira que deseja para a vida. E que, portanto, o governo precisa estar atento a isso e auxiliar através do ensino técnico que tem sucesso comprovado, inclusive, entre os países desenvolvidos.

“É um dever do Estado criar ambientes favoráveis para assegurar a esses estudantes o direito de se profissionalizar para que, daqui a dois anos, tenham seu espaço garantido no mercado do trabalho”, frisou a secretária.

Desenvolvimento

O coordenador do MedioTec no Amapá, Agnaldo Silva, pontuou que os cursos ofertados no Estado são de acordo com as peculiaridades locais no que diz respeito à procura e oferta por mão de obra. Este ano, novos cursos foram implantados, como Técnico em Portos, Floresta, Controle Ambiental, Massoterapia, Imagem Pessoal, Cuidados de Idosos, Técnico em Reabilitação de Dependentes Químicos e Técnico em Vendas.

A coordenadora do programa no município de Santana, Rita de Cássia, exemplificou que, para a oferta do curso Técnico em Portos, foi feito um estudo em parceria com instituições de Engenharia Portuária, Companhia Docas de Santana e Capitania dos Portos do Amapá, a partir da implantação da Zona Franca Verde de Macapá e Santana. O curso será ministrado no Centro de Educação Profissional Professora Maria Salomé, no Distrito Industrial de Santana. Estão sendo ofertadas 30 vagas, com expectativa de ampliação deste quantitativo para a próxima edição.

“Esse já é um dos cursos mais concorridos entre os ofertados em Santana. Nele, serão estudados a logística portuária, embarque, desembarque, alfândega, notas fiscais, tributação portuária e outros. Formando essa mão de obra, estamos contribuindo significativamente para o desenvolvimento econômico a médio e longo prazo do município e do Estado”, concluiu Rita.

A primeira-dama e deputada estadual Marília Góes também participou do evento e ministrou a palestra “O seu futuro é você quem faz”, representando a Frente Parlamentar em Defesa do Empreendedorismo, Cooperativismo e Economia Solidária.

A Feira de Profissões segue até o fim da tarde desta sexta-feira com palestras, exposições e estande de inscrições no programa no Sebrae, em Macapá. As inscrições para o MedioTec prosseguem até às 23h59.