União repassa para o município terras do Monte das Oliveiras

0
17

Com isso, será possível a regularização e a construção de um empreendimento na área

O prefeito de Santana, Ofirney Sadala, o juiz federal João Bosco Soares e o deputado federal Marcos Reátegui, além de representantes da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), em visita, na manhã desta segunda-feira, 30, o Monte das Oliveiras.

Foto: Igor Cavalcante/Amilton Matsunaga

O prefeito de Santana, Ofirney Sadala, o juiz federal João Bosco Soares e o deputado federal Marcos Reátegui, além de representantes da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), estiveram visitando, na manhã desta segunda-feira, 30, o Monte das Oliveiras. A ida ao bairro antecedeu outro fato importante para os moradores, ocorrido pela parte da tarde, que foi a audiência onde ocorreu a formalização do processo de doação ao município das terras onde eles residem por parte da Secretaria do Patrimônio da União (SPU).

A audiência foi realizada no auditório da Justiça Federal, localizada na zona norte de Macapá, sendo coordenada pelo juiz federal João Bosco, que lembrou que há alguns anos se cogitou a retirada das famílias que invadiram a área então pertencente à união. “Aquelas famílias, há 4 anos atrás, seriam retiradas de lá. Mas hoje nossa maior vitória é poder dar o que lhes é de direito: dignidade, moradia e vida”, disse o juiz.

O prefeito de Santana caracterizou o momento como uma vitória do povo de Santana e pontuou que os próximos passos devem ser dados após a regularização do bairro. “Estamos hoje muito felizes por essa grande vitória. Agora vamos correr para que tudo seja regularizado e, na sequência, implantar um projeto habitacional, o primeiro a ser realizado em Santana”, finalizou.

O juiz federal deu um prazo de trinta dias para que a prefeitura, em uma próxima audiência, apresente um plano habitacional a ser viabilizado na localidade.