VÍDEO FURTO: OS CARAS NÃO PERDOAM NEM AS LIXEIRAS – Correio Amapaense