Vulgo Maradona é preso depois de roubar pertences de um trailer

0
3

A Polícia Civil do Amapá através de Investigação da 6ªDP recuperou na manhã da última segunda-feira dia 11, objetos furtados de um Trailler, localizado no centro desta capital. Os objetos: 01 refrigerador, 01 geladeira e 01 botijão de gás, bebidas e produtos alimentícios, foram encontrados em poder de José Raimundo Alves de Aquino, Vulgo “Maradona”, em sua residência localizada no bairro Perpétuo do Socorro, área da caezinha, em Macapá, o qual, ao ser conduzido até a 6ª Delegacia de Polícia da Capital, em seu interrogatório, disse ter comprado os produtos de um homem que emitiu recibo de venda com nome e dados falsos.
O receptador dos produtos é ex-reeducando do IAPEN, já tendo sido processado por tráfico de drogas, e foi indiciado pelo crime de receptação dos objetos furtados, previsto no art. 180, do CPB, com pena de prisão de 1 a 4 anos, mas responderá, por ora, o processo em liberdade.
A Polícia também já identificou uma mulher envolvida com o grupo criminoso, além de um homem que atuou como chaveiro contratado para abrir os cadeados do trailler.
A polícia já prendeu um dos participes, no entanto, ainda a Polícia ainda procura um dos homens que dirigiam os dois veículos utilizados na empreitada criminosa, DENUNCIAS ANÔNIMAS Whatsapp 99167-2018.
Conforme a Delegada Joseane Carvalho, titular da 6ª Delegacia de Polícia da Capital, o furto foi comunicado pela vítima, sendo registrado boletim de ocorrência. Com base nas informações prestadas pela vítima e imagens de circuito de câmeras do entorno do local do fato, iniciou-se as investigações e, após algumas incursões, os agentes de investigação da 6ª.DP, conseguiram êxito em identificar uma mulher, possivelmente envolvida no furto, a qual contribuiu prestando informações que permitiu localizar os objetos furtados. “A ação é mais um dos resultados da equipe de policias civis da 6ª.DP, no combate a criminalidade”, salienta a Delegada.



 

Artigo anteriorPolícia Civil cumpre mandados de prisão em Laranjal do Jari
Próximo artigoPlantão polícia
Avatar
No momento em que a mídia tradicional está desacreditada e o jornalismo convencional enfrenta uma crise ética nunca vista, o Correio Amapaense apresenta sua revista eletrônica que promete fazer a diferença no quesito informação. Trata-se de nós, Correio Amapaense, cujo objetivo é discutir de forma crítica os problemas do nosso Estado, Cidade e País.